Palavras

PALAVRAS   AS HOMÔNIMAS, HOMÓFONAS E HOMÓGRAFAS, SÃO PALAVRAS DO MEU E DO SEU VERNÁCULO. OBSERVE SÓ ESTA BELEZA DE  ESPETÁCULO: QUANDO ALGUÉM DESEJA MUITO ASCENDER, TALVEZ JAMAIS PRECISE MANDAR ACENDER, OU MESMO AUMENTAR, O RÍTMO  DO  PASSO. QUEM CONSEGUIR TERA SEU PRÓPRIO PAÇO, ABERTO, SEM QUE NUNCA PRECISE CERRAR….

leia mais

Poncho

P O N C H O     ESTE MEU PONCHO GAUDÉRIO, DE PURA Là ENTRE  O MEIO. PARCEIRO PARA TEMPO FEIO, E PARA REPONTES DE TROPA. NEM O MINUANO “LHE” ENSOPA, POR SER O MELHOR ABRIGO. PODE SER NOVO OU ANTIGO, NALGUMA CRUZADA INCERTA, POIS JÁ SERVIU DE COBERTA,…

leia mais

Ciclo

NASCESTE COMO TUDO NASCE, PEQUENA, TENRA E INDEFESA. FRUTO DE ALGUM ENLACE, POR OBRA DA NATUREZA. POR MAIS QUE A VIDA AJUDASSE O TEMPO RESTRINGIU TUA BELEZA.     AINDA ÉS BRELA, MAS TRISTE NÃO TENS MAIS FOLHAS E FRESCOR. TUA SOMBRA, TAMBÉM NÃO EXISTE FICASTES EXPOSTA AO CALOR NUA,…

leia mais

Lembranças

   CHEGOU DESPACITO E FICOU, NAS PLAGAS COMO SEU DONO. ERA LINDO VER O ENTONO, DO PIÁ, DO MOÇO, DO TAITA. POR ENTRE ACORDES DE GAITA, E SUA MENTE PREVILEGIADA. SE CONSAGROU NA PAYADA, E COMPOSIÇÕES MISSIONEIRAS. DESFRALDOU ESTAS BANDEIRAS ORGULHA DA GAUCHADA.     DECLAMOU PAYADAS E ESCREVEU, COM…

leia mais

Farrapo

Foram chamados Farrapos, Os Farroupilhas – Republicanos. Defenderam por quase dez anos, A Pátria, a nação, a liberdade. Lutaram para diminuir a vaidade, E a gana voraz do império, que não administrava sério, A  Província Rio-Grandense, Muito embora alguns pensem; Que usavam o mesmo critério.   Brasileiros de respeito, Honestos,…

leia mais

Andar Teatino

  SEMPRE ANDEI PELOS COSTADOS, COMO UM  PEÃO ANDARILHO. MEU TRONO FOI O LOMBILHO, EM TROPILHAS DE APORREADOS. DEPOIS DE ESTAR ENFORQUILHADO, E TRANÇAS OS DEDOS NAS CRINA. MINHA  REZA E O FEITIÇO D CHINA, NUMA IMPONÊNCIA DE MACHO NEM QUE VIRE LOMBO A BAIXO, NÃO ME TIRA MAIS DE…

leia mais

Maneador

RUDE TRASTE CAMPESINO,                            COM FUNÇÃO DETERMINADA.                           TIRA DE COURO  PREPARADA, PARA CUMPRIR SEU DESTINO. CORDA CHATA QUE O  SULINO, CARREGA SOBRE O LOMBILHO. É UM RECURSO QUE O CAUDILHO, USA PARA SOGUEAR OS ANIMAIS. MUITO USADO PELOS ANCESTRAIS, QUE ME LEMBRO QUANDO ENSILHO.   O BOM MANEADOR…

leia mais

Medida

O PONCHO NEGRO DA NOITE, EMPENUMBRA A LUZ DO DIA. ARRASTA A SEMANA QUE  IA, SE ENAMORANDO COM O MÊS. E ESTE  POR MAIS DE UMA VEZ, TENTOU COM O ANO CONVÊNIO. UM SÉCULO SÃO DEZ DECÊNIOS, NO CALENDÁRIO  GREGORIANO. SEMANA,SÉCULO,  MÊS E ANO, INICIAM E TERMINAM MILÊNIOS.         …

leia mais

Encontro

  PESSOAS DESLOCAM-SE  NAS FÉRIAS DO ANO, E VISITAM PARENTES, SANTUÁRIOS E PRAIAS. HORIZONTES DIVERSOS EM OUTRAS ALFAIAS,     VÃO SE REALIZANDO DE ACORDO COM O  PLANO. SUTAQUES  DIVERSOS DESTACAM O PAMPEANO, NA BRISA SERENA QUE DANÇA COM O MAR. A FAINA DIÁRIA   DEIXA O TEMPO PASSAR, E O TEMPO…

leia mais

Metáfora

É FIGURA DE SUSTENTAÇÃO, DA LINGUAGEM LITERÁRIA. ESTILO DE NORMA CONTRÁRIA, QUE NÃO FAZ COMPARAÇÃO. LEGENDA DE EXPLICAÇÃO, COM IDÉIA A SER DEFINIDA. FIGURA  FICTÍCIA PARIDA, POR MENTE IMAGINATIVA. A SUA FEIÇÃO ATRATIVA, NO DISCUSO TEM GUARIDA. AS METÁFORAS REFERIDAS, ÁS VEZES SÃO CATACRESES. LINGUAGEM SEM OS ESTRESES, DAS PALAVRAS…

leia mais